Cidade das Esmeraldas

[Ouvir Durante]

Mantenha suas palavras longe de mim
Seus conceitos e sua hipocrisia
Não me enganam mais
Não me soam como poesia

Diga a outro como viver
Diga a outro o que e não fazer
Porque como contramão em rua estreita eu vou
Como cor em mundo cinza eu sou

Cego que tem olho se impressiona
E míope por opção se engana
Na real, suas roupas estão todas limpas
Mas seu cérebro e coração ficaram na lama

Medo de pensar
Medo de agir
Não adianta questionar
Ninguém quer ouvir
Engana sua visão
E se perde no mundão
Mas quem já pulou esse muro
Não assiste televisão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s